Carpegiani se diz seguro em seguir no São Paulo e ameniza críticas de Rivaldo

16/05/2011 20:33

 

Vipcomm
 

Paulo César Carpegiani pediu desculpas por falar do caráter de Rivaldo

16/05/2011 - 17h41

Carpegiani se diz seguro em seguir no São Paulo e ameniza críticas de Rivaldo

Bruno Thadeu
Em São Paulo

O técnico Paulo César Carpegiani fez o máximo para reatar o clima de paz no São Paulo nesta segunda-feira. Bancado no cargo pela diretoria tricolor, o comandante afirmou estar seguro à frente da equipe e ainda aproveitou para amenizar as rusgas com o meia-atacante Rivaldo.

SÃO PAULO BANCA CARPEGIANI

  • Folhapress

    O São Paulo manterá o técnico Paulo César Carpegiani no comando do time. O treinador ficou pressionado após a eliminação do clube do Morumbi na Copa do Brasil após derrota diante do Avaí, nas quartas. As críticas feitas por Rivaldo aumentaram a instabilidade. Mas em reunião realizada na tarde desta segunda-feira, ficou decidido que o técnico seguirá, o mesmo ocorrendo com o camisa 10.

Carpegiani explicou que não se incomodou com as críticas de Rivaldo, concordou que jogador às vezes externa descontentamento, e contou que a relação com o meia não sofrerá abalo. Demonstrando tranquilidade, o técnico disse que exagerou em determinada resposta ao atleta, quando disse que o camisa 10 “não teve caráter”.

“Jamais privei qualquer jogador de fazer esse tipo de declaração [crítica]. Só tem que escolher o momento, ai vai de cada um”, destacou o treinador. “Em síntese, cada um fala o que quer. Sinto-me seguro, sou bastante experiente. Pedi desculpas a ele [por ter dito que faltava caráter]”, completou.

Rivaldo se revoltou por ter ficado na reserva na derrota para o Avaí por 3 a 1 da semana passada. O atleta alegou que era boicotado por Carpegiani pelo fato de não ter sido indicado pelo treinador. Logo em seguida, Carpegiani reprovou a postura de Rivaldo, ainda no vestiário, em Florianópolis, dizendo que não poderia colocar "esparadrapo" na boca de ninguém.

Porém, após toda a polêmica, o presidente Juvenal Juvêncio conversou com os dois nesta segunda e chegou a um acordo com os desafetos.

Clubes treinam pelo Brasil

 
 
 
 
Foto 17 de 21 - Cerca de 50 torcedores compareceram ao CT da Barra Funda com pipocas e ovos para protestar contra a equipe Mais Bruno Thadeu/UOL
 
http://stationlove.webnode.com.br